Uma virtualização de servidores sem intermediários envolvidos

Indicações de virtualização codificadas como parte do kernel

A diferença mais importante entre os KVM Virtual Private Servers e quase todos os outros servidores virtuais é a própria tecnologia de virtualização. Com os KVM, o servidor não requer um programa virtualizador adicional para ser executado- ao invés as instruções de software necessárias são processadas no interior do sistema operativo do próprio host. Isto reduz significativamente os recursos de hardware que têm de ser reservados pelo próprio servidor para poder rodar aplicações extra de maneira que estes recursos ficam disponíveis a favor das máquinas guest. O fato de eliminar o tal estrato de comunicação estra também reduz o tempo de espera de entrada/saída, realmente fazendo o Servidor VPS correr muito mais rápido.
Uma virtualização de servidores sem intermediários envolvidos

Uma utilização dos recursos bastante melhorara

Alocações de servidores à vossa disposição

Com a eliminação da sobrecarga de ter uma camada de virtualização extra através da qual se encaminha toda a comunicação com o servidor principal, os KVM VPS podem se beneficiar de uma utilização aperfeiçoada dos recursos de servidor. As dicas de virtualização KVM integram-se no próprio núcleo do sistema operacional da máquina anfitriã, o que quer dizer que não há mediação nenhuma na comunicação entre os Servidores Privados Virtuais KVM e o hardware do servidor. A tal reduzida redundância de comunicação aporta ao nível de prestações muito mais elevado, do que o resto das soluções de virtualização.
Uma utilização dos recursos bastante melhorara

Um sistema operativo que você escolheu

Receba o SO que tiver escolhido

Com um KVM Virtual Private Server, você pode trabalhar em condições de plena autonomia do servidor mestre em termos do sistema operativo. As direções de virtualização KVM facilitam a comunicação direta das máquinas guest com o hardware do servidor, sem a necessidade de passar por uma camada de virtualização por separado. Desta maneira, de contar com o arquivo ISSO correto, você pode instaurar um sistema operacional com o qual o seu servidor vai funcionar corretamente – por exemplo uma versão de Linux não muito popular e até a versão do Windows Server mais recente.
Um sistema operativo que você escolheu
  • Centro de Dados em EUA
  • Centro de Dados em EUA

    Steadfast, Chicago, IL